Happy Friday, mr. Morrissey

piano na estação da Luz, região central de São Paulo, por R.I.

[ao som de ‘The boy with the thorn in his side’, de J. Marr e S. Morrissey, com The Smiths]

 

E aquele som falhado, oscilante, trazia mil, novecentos e setenta de volta. Ou seria oitenta? Um outro passo, mais lento que o atrapalhado correr de pernas incansadas.

 Aquele cheiro de bolo, de laranja, levitava pela calçada de Pinheiros. De alguma casa antiga, prendada, na tarde de um dia de semana? Alguma doceira nova, poção enfeitiçada, miragem aromática em almas nostálgicas.

 A canção incompleta, lá vai outro trem, na voz imperfeita faz cessar o sobressalto do andante sostenuto. É quebrada, rangente, mas sem dor.

 O doce nasal do bolo inconcreto levanta o passado de quem perdeu o rumo, a receita, e canta interno os espinhos ainda cortantes do lado.

Anúncios

Sobre Ricardo Imaeda

Um amigo. Em passagem por terras estranhas, imigrante nativo. Tem aprendido com todas as formas de vida. Gosta de cidades e montanhas, árvores e culturas. Anda por um caminho temperado pelo zen, na incerteza de cada dia. Escreve para compreender, para encontrar.
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s