Arquivo do mês: abril 2013

O lugar dos fantasmas

[Para a moça desconhecida que me ofereceu ingresso para o cinema quando a lotação já estava esgotada] E por isso voltei àquela sala de cinema depois de mais de trinta anos. Poucos lugares mudam tão pouco, não importa quanta tecnologia … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

As cordas bambas do mundo

[ao som de ‘Wind in wires’, de Patrick Wolf]   Em uma nublada manhã de agosto de 1974 Philippe Petit estendeu um cabo de aço no alto entre as duas torres do World Trade Center e caminhou sobre ele. Não … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Além

Ouço, do outro lado da Paulista, um violinista tocar ‘Over the rainbow’. Está um pouco baixo mas não dá para resistir aos acordes agudos pungentes da música. Em qualquer lugar em que ela voar fará reviver os estilhaços de esperança … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Depois do colapso

[para Alanysson, pela passagem de uma grande dor] . .. … Do que me lembro era dos bem-te-vis, único pássaro que sabia reconhecer pela voz. Eles ainda continuavam a marcar o começo das manhãs e noites num andamento regular como … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | 1 Comentário