Que talvez exista

detalhe da entrada da igreja de São José de Anchieta, no Páteo do Colégio, local de fundação da cidade de São Paulo, por R.I.

detalhe da entrada da igreja de São José de Anchieta, no Páteo do Colégio, local de fundação da cidade de São Paulo, por R.I.

Moro em uma cidade fundada por um santo. Que agora, tanto como antes, precisa de ajuda extra-humana. Para lidar com a falta de cuidado, falta de apoio. De viajar por suas distâncias com cada vez menos linhas de ônibus, e menos ônibus por linha. E se equilibrar com a angústia da água secando em suas fontes. Afastar o inóspito da estupidez e ignorância de rostos e postos em cargos que não entregam o osso e não sabem o ofício. Só ofendem a vida, esmagam a vista.

 Moro em uma cidade começada por um santo. Que não para de tremer de sismos de crença, abalos na esperança. E rasca todo dia as cordas que sustentam os infelizes. Cada um deles atravessando a rua agora mesmo, reaparecendo do outro lado sem milagre, com novas ilusões.

 Moro em uma cidade em que viveram três santos. Lembro disso cada vez que saio de casa sem reconhecer aquela cidade que se esconde em meus sonhos.

Anúncios

Sobre Ricardo Imaeda

Um amigo. Em passagem por terras estranhas, imigrante nativo. Tem aprendido com todas as formas de vida. Gosta de cidades e montanhas, árvores e culturas. Anda por um caminho temperado pelo zen, na incerteza de cada dia. Escreve para compreender, para encontrar.
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para Que talvez exista

  1. Ricardo disse:

    R., lindo texto, apesar do inevitável amargor. Obrigado por nos presentear com sua reflexões. Ab. Ricardo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s