A poesia resiste à derrocada

escultura em homenagem a Dante Alighieri em frente à catedral de Santa Croce em Florença, Itália, por Riccardo Imaeda

escultura em homenagem a Dante Alighieri em frente à catedral de Santa Croce em Florença, Itália, por Riccardo Imaeda

Foi um ano muito difícil, de muitas e dolorosas perdas, desastres naturais e provocados, ruínas éticas, ambientais e culturais. Em que nos sentimos acuados e sem saída, a derrocada à espera, à frente. Que viu o fim de tantas iniciativas que trouxeram civilização e cultura por um tempo. E volta e meia trouxe a surpresa terrível da morte de pessoas próximas ou artistas admiráveis.

É uma travessia de turbulência quase estática, como da natureza das tragédias. Quando pouco se move o quanto se insinua o risco se amontoa, a força nos abandona.

Mas de restos em cinzas alguma coisa ainda escapa, e encontros se fazem nas horas mais extremas. Como se resistir fosse arte, derradeira ainda a valer. Porque este ano também pôde celebrar os 750 anos do nascimento de Dante. Porque o ano que vem vai celebrar os 400 anos da morte de Shakespeare. Dois dos mais sublimes criadores da espécie humana. Do que ela carrega de assombro de beleza e altivez.

Anúncios

Sobre Ricardo Imaeda

Um amigo. Em passagem por terras estranhas, imigrante nativo. Tem aprendido com todas as formas de vida. Gosta de cidades e montanhas, árvores e culturas. Anda por um caminho temperado pelo zen, na incerteza de cada dia. Escreve para compreender, para encontrar.
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s