Como se houvesse depois

David, de Michelangelo, detalhe, na Galleria dell’Accademia em Florença, Itália, por Riccardo Imaeda

Tantos livros, tantas fotos e a distância de escrever. Não sei se foi um cansaço ou uma desconfiança, mas esse afastamento alonga a sensação de estar só. Como se as palavras diante de mim pudessem garantir alguma companhia. Você bem sabe que não é assim. Talvez a busca nem fosse procura nem escape, não intento não fortuna. As fotos parecem mais materiais, condensam de existência o que pode não significar tanto, mas ocupam esse espaço.

E é espaço sobre o qual transito quando contemporâneos continuam a morrer. Pessoas que podem não ter interferido no caminho e ainda assim marcavam uma referência de tempo, sentidos compartilhados, paralelos divergentes. Toda uma superfície em que cada vez mais a distância se dilata e é difícil perceber onde essa história acaba.

Faz pouco descobri, ou redescobri, uma canção que fala sobre essa condição – das perdas que vão nos deixando cada vez mais sós a percorrer tamanho campo aberto. É um poema de Thomas Moore, musicado por John Stevenson, ‘The last rose of summer’, que já foi interpretado por muitos cantores. Na voz de Nina Simone ela se alaga em uma pungência de quem sobrevive ao aniquilamento e sabe o que vem. Dilacerante, desesperada e entanto, de alguma forma, nos transfere uma carga de calor, vida, ondulação.

Existe pouco e existe ainda.

E nessa viagem de incertezas e imensidão é como se esses restos ganhassem corpo e alma. Uma inesperada companhia agora que não se espera mais.

 

Anúncios

Sobre Ricardo Imaeda

Um amigo. Em passagem por terras estranhas, imigrante nativo. Tem aprendido com todas as formas de vida. Gosta de cidades e montanhas, árvores e culturas. Anda por um caminho temperado pelo zen, na incerteza de cada dia. Escreve para compreender, para encontrar.
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s