Arquivo da categoria: Uncategorized

Renascença

Um dia a mais, um ano a mais. Renascer é uma bênção e um destino a encontrar a cada novo respiro.  

Publicado em Uncategorized | 1 Comentário

Os barulhos do fim do mundo

Não é uma sensação de claustrofobia, apesar do pouco espaço. O que incomoda mais são os barulhos, a cacofonia longa e sinistra a que se é submetido. Desmoronamento, bombardeio, metralhadoras a cada nova esquina do tempo em que se passa … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

A beleza da viagem

A beleza está quase extinta nos jornais e outros meios de comunicação. Ela sobrevive apenas nos cadernos de turismo. Até na seção de Artes e Cultura ela foi substituída por imagens e produções que procuram antes chocar ou ‘conscientizar’ do … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Forza sempre, Jerry Adriani

[ao som de ‘Nel frattempo’, versão em italiano de ‘Por enquanto’, de Renato Russo, na voz de Jerry Adriani]   Enquanto minha mãe estava à máquina de costura na sala, ouvia o rádio e a música parecia vir da janela … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

A volta

Ouvir o som da pulsação do seu corpo através do Ecodoppler é como ouvir o universo em trânsito ou o fundo do mar. Depois de um estranhamento inicial você começa a sentir um carinho cada vez mais particular a esse … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Um dia a mais

Les Misérables, dezesseis anos depois no palco outra vez. Uma nova versão, muito pouco diferente da que vi em 2001, mas quanto mudou no mundo, no país e na vida pessoal! Era uma época em que ainda havia algum encanto … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | 1 Comentário

Depois daquele filme

Fiquei muito contente quando ela me disse que tinha ido ao cinema, que foi ver ‘La La Land’ (de Damien Chazelle). Ela falou de passagem, sem nenhum estardalhaço. Poderia ser um acontecimento trivial para uma outra pessoa, mas não para … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário